WordPress versus Wix

Wordpress vs Wix

Cada vez existem formas mais simples e rápidas de estabelecer presença digital e realizar comércio online, mas quais as soluções que melhor se adequam a um negócio? Neste artigo WordPress versus Wix comparamos o “self-hosted” WordPress com o “hosted” Wix de forma a elucidar sobre as diferenças, bem como os prós e contras de cada tipo de solução.

A escolha destas soluções foi feita com base na sua popularidade dentro de cada tipo de soluções “hosted” e “self-hosted”, dado que possuem o maior número de sites disponibilizados nas suas respectivas categorias, no entanto para cada tipo de solução o leque de opções é bastante extenso.

Soluções “self-hosted” como o WordPress.org, Drupal ou Joomla são soluções completas de CMS, gratuitas e de código fonte aberto. Não disponibilizam alojamento ou domínio, pelo que é necessário obtê-los para publicar o site, o que acarreta custos mas permite outra liberdade na configuração, personalização e retenção das soluções. Adicionalmente são soluções que são configuradas e geridas pelo implementador, o que requer conhecimento técnico.

Different CMS and site building company logos

Soluções “hosted”, como o Wix, Shopify ou wordpress.com incluem alojamento e domínio, mas assentam num modelo comercial de subscrição periódica. Apesar de serem soluções mais intuitivas e fáceis de utilizar, não são gratuitas e as capacidades de configuração e personalização são mais limitadas, dado que não existe acesso ao código fonte e o interface não permite todas as opções de forma a garantir essa mesma simplicidade e usabilidade.

Nota: WordPress.org é uma solução de CMS gratuita e open-source que não se deve confundir com o wordpress.com, que é um site criado por um dos fundadores do WordPress que disponibiliza uma solução pré-configurada com alojamento, domínio e algumas extensões incluídas. A solução base é a mesma no entanto o wordpress.com utiliza um modelo de subscrição semelhante ao wix.


Então que custos têm?

O principal questão a desmistificar é que, um site profissional para divulgação de empresa, marca ou produto ou para realizar comércio online, nenhuma das opções será gratuita. Nas soluções self-hosted como o WordPress, o produto base é gratuito mas necessita de domínio, alojamento e expertise técnico para instalar e configurar o site. No caso das soluções hosted como o Wix, o produto base é apresentado como gratuito, no entanto sem adquirir um plano pago, o site não vai aparecer em motores de busca, todas as páginas do site vão conter publicidade, o endereço do site será um subdomínio, como “utilizador.wixsite.com/omeusite” e terá outras limitações de funcionalidade e largura de banda.

Em termos financeiros a distinção entre as duas soluções centra-se no timing e durabilidade do investimento. O Wix apresenta um modelo de subscrição cujo esforço é diluído pelo tempo através de mensalidades mais suaves mas constantes ao longo do tempo de vida do site, enquanto que o WordPress possui um esforço inicial maior mas que após a fase inicial praticamente não tem custos derivado da sua base open-source e mecanismos de actualização.

Mas para abordar correctamente ambas as soluções, vamos entrar em mais detalhe sobre as mais valias e limitações de cada uma.


WordPress versus Wix

As estatísticas globais de ambas as soluções de CMS permitem acima de tudo aferir o nível de popularidade e adesão:

Wordpress logo

A plataforma de 40% de todos os sites da internet

28% em sites de e-commerce

64% de market share na área de CMS

38% dos 10 000 sites mais visitados em toda a web

Fontes: https://wordpress.org/about/ https://kinsta.com/wordpress-market-share/

O WordPress é uma solução de CMS gratuita e open-source, disponível através de download no site wordpress.org. Como a solução está licenciada sobre o GPLv2, a sua utilização e modificação é gratuita pelo que o esforço para criar um site em WordPress prende-se com a aquisição de domino e alojamento bem como a configuração técnica, gráfica e de segurança de forma a assegurar o correcto funcionamento e performance do site.

Wix logo

6.17% market share em e-commerce

2,5% de market share na área de CMS

0,89% dos 100 000 sites mais visitados em toda a web

3.3 milhões de sites

Fontes: https://websitesetup.org https://w3techs.com

O Wix é uma plataforma de criação de sites onde a facilidade e usabilidade aliciam qualquer utilizador, através de um interface extremamente intuitivo e simples. Com diferentes opções de subscrição mensal com alojamento e domínio incluídos, permite criar sites modernos e compatíveis de uma forma rápida e acessível, com as funcionalidades ajustadas ao esforço financeiro que se pretende efectuar.

Olhando para os diferentes aspectos destas plataformas podemos identificar os pontos fortes e fracos de cada solução.

Wordpress versus Wix

Funcionalidade

Em termos de funcionalidade o WordPress tem uma larga vantagem. Através de um manancial de templates gráficos para todos os gostos, uma comunidade de suporte extensa e uma base de mais de 50000 plugins, não existem limitações para o que fazer, assegurando funcionalidade via temas, plugins ou customizações.

O Wix nos planos pagos possui as opções essenciais no entanto não possui capacidades de customização e a base de plugins e temas não providencia o nível de opções existente no wordpress.

SEO

Um elemento chave do site para assegurar a presença nos motores de busca. Ambas as soluções possuem funcionalidades para optimizar o SEO do site através de componentes base e plugins, no entanto o on-page e off-page SEO no WordPress é mais completo. O Wix também oferece plugins para o efeito no entanto estes são mais limitados.

SEO and Analytics

Analytics

A capacidade de identificar de entre os visitantes do site, que conteúdo é relevante, o que gera mais atenção, o que tem de ser melhorado. Os componentes de analytics são outra peça fundamental de um site moderno, onde o wordpress apresenta todo um conjunto de capacidades mais completo. Ambos possuem integração com Google Analytics no entanto a capacidade de customização do wordpress e a base extensa de plugins permite fazer mais nesta área.

Escalabilidade e performance

Em termos de performance, para sites de pequena e média dimensão não se verificam grandes diferenças entre ambas as soluções. Quando se aumenta para um número razoável de páginas e complexidade, o Wix simplesmente não é uma opção viável. O WordPress assegura muito melhor a escalabilidade dada a sua maior robustez e total acessibilidade às configurações de todas as camadas aplicacionais.

Web Design

Qualidade visual e compatibilidade

Em termos estéticos e de compatibilidade ambas as soluções permitem produzir sites excepcionais e totalmente compatíveis com browsers e dispositivos, sendo que o Wix tem alguma margem nesta área dada a qualidade dos seus templates e a facilidade do processo de criação do site. O WordPress permite criar sites com igual qualidade visual no entanto os templates gráficos não são tão acessíveis.

Usabilidade

Este é a principal mais-valia do Wix e o que o torna tão apelativo especialmente para utilizadores sem conhecimentos de informática ou web-design, dado que a simplicidade de todo o processo e a qualidade das ferramentas de edição é muito boa. Apenas ressalvo o facto do editor para dispositivos móveis ser feito à parte, e as pequenas mas relevantes limitações que se encontram quando se começa a querer personalizar com maior nível de detalhe.

No caso do WordPress, apesar de ser relativamente simples realizar as tarefas básicas de criação de páginas, artigos e menus, a configuração do site em geral tem uma curva de aprendizagem mais íngreme, dado que existem aspectos técnicos que afectam a performance, segurança e integridade do site.

Para colmatar essas necessidades sugerimos um parceiro tecnológico como a Sollogica, que disponibiliza serviços de implementação com custos competitivos, assegurando a compatibilidade, performance e segurança do site.

Site security

Segurança

Em termos de segurança ambas as soluções são eficazes, no entanto no WordPress a segurança é uma questão muito mais importante dado que o site é gerido pelo cliente ou o seu parceiro tecnológico.

Esta é um das razões porque o WordPress deve ser implementado por recursos com um nível sólido de conhecimentos técnicos. O WordPress é uma solução extremamente segura no entanto o universo de plugins e templates é tão vasto e as capacidade de customização tão extensas, que configurações incorrectas ou a instalação de componentes desenvolvidos por terceiros sem ter capacidade de aferir a qualidade e segurança dos mesmos pode provocar riscos.

Continuidade e portabilidade

Esta é a grande limitação do Wix como solução web, dado que o site e todo o seu conteúdo estão alojados nos servidores do Wix e não podem ser exportados ou movidos de qualquer forma. Ou seja se alguma vez quiser reestruturar o site, ou simplesmente mudar de fornecedor tem de começar tudo do zero, dado que não tem acesso aos ficheiros ou base de dados do site.

Transparency

Em termos de manutenção evolutiva é possível desde que não existam grandes mudanças, dado que o template base uma vez escolhido não pode ser alterado. Manutenção correctiva é automática.

No caso do WordPress, a portabilidade é assegurada através de ferramentas de exportação e importação, permitindo migrar todo o conteúdo para outra solução de CMS caso o pretenda. Em termos de manutenção evolutiva não existem quaisquer limitações, sendo possível reestruturar completamente o site, adicionar componentes ou funcionalidades adicionais, sem afectar o conteúdo existente.
A manutenção correctiva no WordPress é efectuada de forma automática sendo que actualizações de maior dimensão podem ser validadas com facilidade antes da sua aplicação.

Propriedade

O WordPress assim que instalado e configurado é seu, para utilizar e modificar como pretende.

Quando cria um site no Wix de acordo com os termos e condições do site, o design e funcionalidades não são seus, mas sim parte de um serviço que subscreve. Apenas o conteúdo que coloca no site é seu, no entanto como não tem forma de o exportar ou mover, não tem grandes possibilidades para além de continuar a subscrever o serviço ou começar do zero. É neste ponto e no anterior que o modelo comercial desta solução se revela, e que decerto terá os seus apoiantes mas que considero excessivamente restritivo.


Conclusão

Nesta comparação de WordPress versus Wix, escolhemos o WordPress pela sua robustez, funcionalidade e extensibilidade e base open-source, dado que é superior ao Wix em quase todos os aspectos, sendo apenas suplantado na qualidade e acessibilidade dos templates gráficos do Wix e na facilidade de utilização.

No entanto é importante ressalvar que fácil não quer dizer bom, pelo menos num site corporativo ou de e-commerce.

A democratização da tecnologia é uma realidade e representa um passo muito importante para o aumento da competitividade das empresas, que já não necessitam de investimentos avultados para poderem ter uma presença digital com qualidade e eficácia. A tecnologia web por via de soluções como as que foram aqui mencionadas facilitaram bastante esse processo, mas as tecnologias inerentes a um site web, como performance, escalabilidade, presença nos motores de busca, informação analítica, são temas complexos e em constante evolução, onde a simplificação com objectivos comerciais vai apenas causar dificuldades e prejuízos a longo prazo.

Muita informação online apresenta o Wix como uma solução mais eficaz financeiramente, no entanto tendo em conta as rates praticadas no mercado nacional e o esforço de configuração de um site standard em WordPress, é fácil verificar que num espaço de dois anos ou menos, o custo de subscrição do Wix ultrapassa o investimento inicial do WordPress.

Adicionando os custos implícitos de ter um website cuja presença nos motores de busca é inferior, que não pode ser alterado ou movido, que não pode ser reestruturado e que está dependente do destino e decisões da empresa onde está alojado, são demasiados factores limitativos que devem ser ponderados na altura em que o utilizador acede ao site, escolhe um par de opções, um layout espetacular e julga que já tem um site feito.

Decerto que o Wix terá os seus seguidores especialmente em nichos específicos, no entanto olhando para as soluções como um todo, o nosso conselho será com certeza o WordPress.


Deixe uma resposta